Câmara de SP encerra atividades do primeiro semestre de 2024

0
120
32253200075 5cb0375f87 K

A Câmara Municipal de São Paulo encerrou suas atividades do primeiro semestre de 2024 nesta terça-feira, 02/07, após uma maratona de votações de projetos de lei.

Lei de Diretrizes Orçamentárias – Uma peça de ficção

A bancada do PT registrou voto contrário ao projeto que define as prioridades da Administração Pública, estabelece metas fiscais e aponta riscos que podem afetar as contas públicas do município para o ano de 2025. Durante o debate, o líder da bancada, vereador Senival Moura, destacou a subestimação da arrecadação do município na peça orçamentária apresentada por Nunes. “Sabendo-se que a receita da cidade de São Paulo vem crescendo de forma uniforme nos últimos tempos, é evidente que há uma subestimação”, apontou o líder.

53831523301 A9c76db109 C
Fotos: Richard Lourenço / Rede Câmara

Em 2024, por exemplo, o orçamento atualizado já alcançou R$ 116 bilhões, e a previsão do Executivo para o próximo ano é de R$ 119 bilhões. Senival também criticou a falta de receptividade do relator às melhorias sugeridas pelos parlamentares do Partido dos Trabalhadores. “A bancada do PT sugeriu emendas importantes para a LDO, que infelizmente foram rejeitadas pelo relator de última hora”, enfatizou.

Confira a análise da LDO 2025:

Orçamento ou peça de ficção?: LDO é aprovada em primeira votação


Revisão da Lei de Zoneamento

O parlamento paulistano aprovou um conjunto de alterações na lei de zoneamento. Originalmente votada no final de 2023, a revisão precisou ser reapreciada devido a falhas no mapa da versão encaminhada pelo prefeito Ricardo Nunes, que impediam sua utilização.

Parque do Bixiga

Foi aprovada em segunda e definitiva votação a criação do Parque Municipal do Bixiga (Projeto de Lei 222/2024), uma reivindicação histórica que marca um novo capítulo para a cidade de São Paulo. O avanço da tramitação da matéria significa que a população terá mais um espaço de lazer, resultado da luta histórica do Teatro Oficina e de Zé Celso, figura icônica das artes cênicas no Brasil.

Integração do Complexo Paraisópolis aos investimentos da Operação Urbana Faria Lima é aprovada

Também apreciado em segunda e definitiva votação, o Projeto de Lei 28/2022. A matéria integra o Complexo Paraisópolis, na zona sul da capital, ao programa de investimentos da Operação Urbana Consorciada Faria Lima. O Projeto de Lei 400/2024 que trata da Operação Urbana Consorciada Água Espraiada também foi aprovado.

PIU Setor Central e PIU Arco Jurubatuba

Foram aprovados em segunda votação o Projeto de Lei 444/2024, e Projeto de Lei 445/2024, que tratam respectivamente do PIU (Plano de Intervenção Urbana) Arco Jurubatuba e do PIU (Projeto de Intervenção Urbana) Setor Central.

O Plano de Intervenção Urbana (PIU) Arco Jurubatuba visa promover o desenvolvimento urbanístico e social das regiões de Jurubatuba, Vila Andrade e Interlagos, localizadas na zona sul da cidade. O plano propõe melhorias viárias, investimentos em infraestrutura, desenvolvimento de Habitação de Interesse Social (HIS), realocação de residentes de áreas de risco e instalação de equipamentos públicos, incluindo serviços de saúde e educação.

O Plano de Intervenção Urbana (PIU) Setor Central estabelece medidas para impulsionar o desenvolvimento urbanístico e estimular a economia local. Além disso, a iniciativa propõe intervenções para aprimorar a infraestrutura viária e social. A legislação também enfatiza o aumento da densidade construtiva e populacional da região.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!