Após ação do PT, Bruno Covas suspende rodízio radical

0
1382

A Prefeitura da cidade de São Paulo anunciou neste domingo, 17, a suspensão do rodízio mais rigoroso que estava em vigor desde 11 de maio de 2020, depois de se verificar que as taxas de isolamento social não avançaram no período.

Na sexta-feira, 15, o Ministério Público de São Paulo acatou uma representação da Bancada do PT assinada pelo Líder Alfredinho, o órgão estabelecia, o prazo de 48 horas, sejam informadas detalhadamente as providências adotadas pelo Executivo para que até nova regulamentação do rodízio haja uma maior oferta de transporte público na cidade, assegurando, assim, a circulação de passageiros com fluidez e segurança, por meio do aumento da frota, da redistribuição de linhas e demais alternativas.

A ação requeria a retomada da frota de ônibus, atualmente circulam na cidade apenas 40% da frota, com a adoção do rodízio radical, de 50% dos veículos na cidade de São Paulo diariamente, aumentou em 12% a demanda pelo transporte público, gerando aglomerações.

A Bancada do PT defende as políticas de isolamento social que visam a redução de aglomerações de pessoas e reafirma o seu compromisso com a classe trabalhadora do nosso país. A excepcionalidade deste momento de crise sanitária não pode prescindir de uma gestão pública eficiente, responsável e que de fato proteja o povo da cidade de São Paulo.

Clique aqui para acessar a representação ao Ministério Público.

Confira aqui a resposta do Ministério Público.

Acesse a sessão PT Fiscaliza para conferir esta e outras ações e representações apresentadas de Liderança do PT.

LEAVE A REPLY

Or
Please enter your comment!
Please enter your name here