Covid-19: TCM vai investigar aditamento de contratos

0
148
Foto: iStock

Após reportagem publicada pelo jornal Folha de São Paulo “Prefeituras gastam com teste de Covid mesmo com rede pública ociosa em SP” (Equilíbrio e Saúde, 24/06/2020), a Liderança do PT na Câmara de São Paulo decidiu acionar o Tribunal de Contas (TCM-SP) questionando o aditamento dos contratos com laboratórios privados para realização dos testes de Covi-19 do tipo RT-PCR (sigla em inglês para transcrição reversa seguida de reação em cadeia da polimerase).

No início da pandemia, dois laboratórios privados foram contratados de maneira emergencial para proceder com esses testes, isso porque ainda não existia capacidade para processá-los nos laboratórios públicos. Contudo, apesar do Institudo Butantan estar com apenas 10% da sua capacidade utilizada para processamento dos testes, a prefeitura aditou um contrato no valor de R$ 12,180 milhões e já foi publicado no Diário Oficial a autorização para novo aditamento.

“A gente quer entender porque pagar tão cara para um laboratório privado executar um procedimento que poderia ser feito em um laboratório público sem onerar o município”, questionou o Líder do PT, vereador Alfredinho. Além disso, a prefeitura de São Paulo paga R$ 203 por teste enquanto o município de Santos e cidades de ABC pagam R$ 150. A representação do PT também questiona isso.

Veja a Representação do PT na íntegra.

LEAVE A REPLY

Or
Please enter your comment!
Please enter your name here