Em ato com a educação, Lula chama combate ao ódio e à intolerância

0
605

O ex-presidente Lula participou, na noite desta sexta-feira (8/4), de um ato em defesa da democracia, organizado por sindicatos de educadores e profissionais da educação do nível básico ao universitário e entidades de representação de estudantes. O evento teve a presença de alunos secundaristas que participaram das ocupações de escolas estaduais em São Paulo para evitar seu fechamento e sucateamento.
Assista o discurso de Lula na íntegra:https://youtu.be/pucuOQsteZU
Lula destacou o assassinato de dois integrantes do MST no Paraná, nesta semana, dizendo que não há como o Brasil voltar a crescer se não houver diálogo e cooperação na sociedade. “Foram mais duas vítimas da falta de respeito com o trabalhador brasileiro”, lamentou Lula. “Querem dividir este país como fizeram com a Venezuela, mas eu estou certo de que não vão transformar este povo maravilhoso em um povo raivoso”, completou.
Ele também criticou a cobertura de parte da imprensa, que promover uma campanha difamatória contra o PT: “O que nós fizemos para merecer esse ódio? Fui eleito por um ‘lado’, sei quem foi que me elegeu, mas duvido que tenha havido presidente que tratou a todos, dos mais humildes aos mais ricos, com mais respeito”.
O ex-presidente destacou os avanços obtidos pela educação pública em seus mandatos e também nos governos da presidenta Dilma Rousseff, como 19 novas universidades federais, 163 novos campi federais, o ProUni, o Reuni, o FIES, o Ciência sem Fronteiras, o Fundo Nacional do Ensino Básico, a valorização dos demais profissionais da educação (como porteiros, merendeiras e pessoal da limpeza), o piso nacional dos professores e o ciclo fundamental de 9 anos. “São esses avanços que estão em risco”, alertou o ex-presidente.
Fonte: Instituto Lula

LEAVE A REPLY

Or
Please enter your comment!
Please enter your name here