Em ato com a educação, Lula chama combate ao ódio e à intolerância

0
791

O ex-presidente Lula participou, na noite desta sexta-feira (8/4), de um ato em defesa da democracia, organizado por sindicatos de educadores e profissionais da educação do nível básico ao universitário e entidades de representação de estudantes. O evento teve a presença de alunos secundaristas que participaram das ocupações de escolas estaduais em São Paulo para evitar seu fechamento e sucateamento.
Assista o discurso de Lula na íntegra:https://youtu.be/pucuOQsteZU
Lula destacou o assassinato de dois integrantes do MST no Paraná, nesta semana, dizendo que não há como o Brasil voltar a crescer se não houver diálogo e cooperação na sociedade. “Foram mais duas vítimas da falta de respeito com o trabalhador brasileiro”, lamentou Lula. “Querem dividir este país como fizeram com a Venezuela, mas eu estou certo de que não vão transformar este povo maravilhoso em um povo raivoso”, completou.
Ele também criticou a cobertura de parte da imprensa, que promover uma campanha difamatória contra o PT: “O que nós fizemos para merecer esse ódio? Fui eleito por um ‘lado’, sei quem foi que me elegeu, mas duvido que tenha havido presidente que tratou a todos, dos mais humildes aos mais ricos, com mais respeito”.
O ex-presidente destacou os avanços obtidos pela educação pública em seus mandatos e também nos governos da presidenta Dilma Rousseff, como 19 novas universidades federais, 163 novos campi federais, o ProUni, o Reuni, o FIES, o Ciência sem Fronteiras, o Fundo Nacional do Ensino Básico, a valorização dos demais profissionais da educação (como porteiros, merendeiras e pessoal da limpeza), o piso nacional dos professores e o ciclo fundamental de 9 anos. “São esses avanços que estão em risco”, alertou o ex-presidente.
Fonte: Instituto Lula

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!