Facistas do MBL invadem reunioão do PT e agridem participantes

0
1134

Militantes do MBL invadiram na tarde desta sexta-feira (10), em momentos distintos, reuniões do mandato da vereadora Juliana Cardoso que eram realizadas nas dependências da Câmara Municipal de São Paulo e agrediram, fisicamente e com ofensas, os participantes, entre eles o senador Lindbergh Farias.
O primeiro episódio se deu em um auditório no 1º subsolo da Câmara aonde estava o senador, que foi ofendido na saída da reunião. O segundo caso, tão grave como o anterior, foi na sala da Liderança do PT, no 6º andar, na qual eles entraram sem autorização apenas com o propósito de tumultuar. Ao mesmo tempo em que provocavam as pessoas que estavam na sala (apenas assessores da vereadora) filmavam toda a ação.
Um dos invasores é funcionário do vereador Fernando Holiday (DEM), um dos porta-vozes do MBL.
O líder do PT, vereador Antonio Donato Madormo, criticou a ação fascista destes indivíduos e cobrou da Mesa Diretora apuração imediata do episódio e punição aos envolvidos, inclusive com a demissão do funcionário-agressor.
“O que aconteceu nesta Casa foi um ataque à democracia e um desrespeito ao parlamento. Não vamos aceitar o fascismo aqui dentro. A Mesa Diretora tem que apurar com rigor o que aconteceu e punir os responsáveis”, cobrou Donato.
LIDERANÇA DO PT
CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!