Facistas do MBL invadem reunioão do PT e agridem participantes

0
806

Militantes do MBL invadiram na tarde desta sexta-feira (10), em momentos distintos, reuniões do mandato da vereadora Juliana Cardoso que eram realizadas nas dependências da Câmara Municipal de São Paulo e agrediram, fisicamente e com ofensas, os participantes, entre eles o senador Lindbergh Farias.
O primeiro episódio se deu em um auditório no 1º subsolo da Câmara aonde estava o senador, que foi ofendido na saída da reunião. O segundo caso, tão grave como o anterior, foi na sala da Liderança do PT, no 6º andar, na qual eles entraram sem autorização apenas com o propósito de tumultuar. Ao mesmo tempo em que provocavam as pessoas que estavam na sala (apenas assessores da vereadora) filmavam toda a ação.
Um dos invasores é funcionário do vereador Fernando Holiday (DEM), um dos porta-vozes do MBL.
O líder do PT, vereador Antonio Donato Madormo, criticou a ação fascista destes indivíduos e cobrou da Mesa Diretora apuração imediata do episódio e punição aos envolvidos, inclusive com a demissão do funcionário-agressor.
“O que aconteceu nesta Casa foi um ataque à democracia e um desrespeito ao parlamento. Não vamos aceitar o fascismo aqui dentro. A Mesa Diretora tem que apurar com rigor o que aconteceu e punir os responsáveis”, cobrou Donato.
LIDERANÇA DO PT
CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

LEAVE A REPLY

Or
Please enter your comment!
Please enter your name here