Petistas cobram medidas mais efetivas da Prefeitura de SP

2
1261

O Comissão Executiva Municipal do Partido dos Trabalhadores de São Paulo aprovou nesta segunda-feira, 30, o texto de um documento, endereçado ao Prefeito Bruno Covas, sugerindo medidas a serem adotadas pela Prefeitura durante o período de emergência sanitária em decorrência da pandemia de Coronavírus. Trata-se da adaptação e atualização dos sete pontos formulados pelo partido logo no início da crise, em sintonia com a discussão anunciada pelo Diretório Nacional.

O documento, encaminhado por e-mail ao Prefeito Bruno Covas (PSDB), foi subscrito pelo presidente do PT São Paulo, Laércio Ribeiro, e pelo Vereador Alfredinho, que na condição de Líder da Bancada tem assento na Executiva municipal do partido.

Os petistas demonstram preocupação sobre os efeitos da quarentena – fundamental para evitar a disseminação do vírus – na vida de pessoas mais vulneráveis que vivem em São Paulo, epicentro da pandemia no Brasil. O presidente do PT explica que o objetivo é  “cobrar o [Bruno] Covas naquilo que achamos fundamental nesse momento. Estão fazendo inúmeras coletivas, mas os casos só estão aumentando e sem diagnóstico. Cemitérios lotados, hospitais com profissionais sem proteção e lotados, mais de 14 mil testes parados, crianças sem aula e sem alimentação adequada, nada de transferência de renda”.

O dirigente reiterou apoio às medidas de isolamento social, mas afirmou serem insuficientes diante do cenário atual. “Não basta dois mil leitos emergenciais sem os diagnósticos adequados e uma reserva de profissionais. Covas e Doria não responderam a nada disso. Apenas estão garantindo o isolamento, o que é uma obrigação, mas outros passos precisam ser dados para que as pessoas se convençam a não sair de casa em busca do mínimo para sobreviver”, protestou Ribeiro.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) tem reforçado que, durante a quarentena, os países devem oferecer ajuda aos mais pobres junto com as medidas de isolamento. “Pessoas sem fonte de renda regular ou sem qualquer reserva financeira merecem políticas sociais que garantam a dignidade e permitam que elas cumpram as medidas de saúde pública para a Covid-19 recomendadas pelas autoridades nacionais de saúde e pela OMS”, escreveu no Twitter Tedros Adhanom Ghebreyesus, Diretor-Geral da OMS.

A declaração ocorreu após o Presidente Jair Bolsonaro tentar manipular as declarações do chefe da agência especializada em saúde da Organização das Nações Unidas (ONU), na tentativa de justificar sua política de morte, criticando o isolamento social.

SOBRE O DOCUMENTO

Veja o que constou na carta dos petistas ao Prefeito:

1. Implantar a Renda Básica de Emergência, via CadÚnico;

2. Instituir o cartão alimentação para famílias de baixa renda com criança na escola;

3. Isentar o IPTU de pequenas empresas de comércio e serviços;

4. Ampliar os recursos da Assistência Social, Bolsa Aluguel e Serviços de Saúde específicos para a População em Situação de Rua;

5. Distribuir gratuitamente botijão de gás para famílias de baixa renda e fiscalizar e autuar os locais que estão vendendo gás com preços abusivos;

6. Suspender a imediata cobrança das contas de água e luz para as famílias de baixa renda;

7. Aumentar o número de locais para exames; de leitos devidamente equipados para tratamento; de medicamentos, insumos específicos para o tratamento do coronavírus e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs);

8. Realizar testagem em massa;

9. Transparência na divulgação dos dados, em tempo real e via site, redes sociais, boletins e outros meios de comunicação, sobre os casos suspeitos, confirmados e óbitos na cidade de São Paulo, por região;

10. Apresentar um plano de emergência para a construção de Hospitais de Campanha nas regiões periféricas de São Paulo;

11. Convocar todos os profissionais de saúde aprovados em concursos públicos do município;

12. Adotar versão municipal do Programa Mais Médicos.

2 COMENTÁRIOS

  1. E o Hospital Sorocabana que não abriu ainda? Está tudo certo, ao menos o Secretário Municipal da Saúde nos falou aqui na Vila Anglo que já estava tudo encaminhado, E o governo construindo novos hospitais de emergência?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!