Protesto denuncia a pivatização do Hospital do Campo Limpo

0
335

Um protesto nesta terça-feira, 14, reuniu centenas de pessoas em frente ao Hospital Municipal do Campo Limpo “Dr. Fernando Pires da Rocha”, que se mobilizaram contra a privatização da unidade. O ato, que ocorreu de forma pacífica e seguindo orientações sanitárias, foi organizado pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Paulo, pelo Fórum de Saúde do Campo Limpo, pelo Movimento Popular de Saúde do M’Boi Mirim e a Coligação Saúde Paulistana.

Os manifestantes são contra a entrega da administração do Pronto-Socorro, UTI Adulto e Pediátrica, centro cirúrgico, clínicas ortopédica e médica, leitos da internação e atendimentos ambulatoriais do Hospital do Campo Limpo para a Organização Social de Saúde (OSS) Hospital Israelita Albert Einstein, anunciada pela Prefeitura para o dia 1º de agosto.

Por volta das 12h30, os manifestantes ocupavam duas faixas da Estrada de Itapecerica e seguiam no sentido do Terminal João Dias.

Além da participação expressiva dos trabalhadores da unidade, o ato também contou com o apoio do Sindicato dos Médicos, Sindicato dos Enfermeiros, Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal e de representações de diversos movimentos populares da região. Também participaram da mobilização lideranças do Partido dos Trabalhadores (PT), inclusive os vereadores Alfredinho (Líder da Bancada do PT), Juliana Cardoso e Reis.

Estamos aqui no ato de Campo Limpo junto com nossos companheiros na luta contra a terceirização do hospital, uma…

Posted by Vereador Alfredinho on Tuesday, July 14, 2020

Assista a intervenção da vereadora Juliana Cardoso:

Posted by Juliana Cardoso Lula on Tuesday, July 14, 2020

Veja também a fala do vereador Reis:

Vereador Reis participa de ato contra a terceirização do Hospital do Campo Limpo. #vereadorreis #reisptsp #PTSP

Posted by Vereador Reis on Tuesday, July 14, 2020

ENTENDA O CASO

Após a aprovação, com voto contrário da Bancada do PT, do PL 749/2020, que autorizou a extinção de Autarquias e Fundações, o Prefeito Bruno Covas (PSDB) anunciou a terceirização. O tucano não explicou, contudo, vai ficar a situação dos trabalhadores, que afirmam não terem sido informados até o momento se serão transferidos para outra unidade. Além disso, a categoria afirma que os recursos destinados à OS poderiam ser utilizados diretamente para melhorar o atendimento do hospital.

O Hospital Municipal do Campo Limpo é o único hopsital público da região e atende cerca de 650 mil pessoas, além de ser referência na Zona Sul para ortopedia, neurocirurgia e saúde mental.

LEAVE A REPLY

Or
Please enter your comment!
Please enter your name here