Terceira Idade em Festa: Sessão Solene homenageia participação ativa dos idosos na Câmara

0
584

A solenidade, “Terceira Idade em Festa”, foi uma iniciativa do presidente da Câmara Municipal de São Paulo, vereador Antonio Donato (PT) e da Comissão Extraordinária Permanente do Idoso e de Assistência Social.
O encontro que lotou o plenário, marcou o fim das atividades da Comissão do Idoso este ano, refletindo sobre as conquistas e as perspectivas de políticas públicas em prol da terceira idade. O presidente do Conselho Municipal do Idoso, Rubens Casado lembrou os destaques de 2015.
“A liberação das catracas para o bilhete do idoso sem necessitar da validação dos motoristas foi uma das grandes conquistas, pois facilitou a vida dos usuários do transporte e dos motoristas. Foi por muita insistência que conquistamos isso. E a outra, foi relacionada ao plano de metas do município, com a instalação dos novos Centros Dia (espaço de convivência preparado especialmente para receber o idoso durante todo o dia) que fazem muita diferença na vida e no convívio das pessoas”, afirmou Casado.
“Tenho orgulho de lutar pelos idosos e pela população vulnerável por que acredito que com luta nós conseguimos tudo. Não luto por mim, eu falou por todos aqueles que não têm voz e nem espaço. A partir do momento que o poder público enxergar os idosos as coisas mudam para melhor”, ressaltou a fundadora da ONG Nosso Sonho, de Itaquera, Maria do Socorro Alves.
O presidente da comissão, vereador Mário Covas Neto (PSDB), alertou que apesar dos avanços nas discussões, a partir da união dos movimentos dos idosos com a Câmara, muitas melhorias ainda devem ser discutidas. “Esse é um dia de congraçamento, para as pessoas ouvirem um pouco de música e se divertir. É muito bom, mas infelizmente a questão do idoso ainda precisa ser priorizada e hoje em dia as políticas públicas não colocam o idoso no lugar que ele merece”, disse.
“Caminhamos para ser o sexto pais no mundo com maior população de idosos e não estamos atentando para este fato. É preciso aumentar muito o atendimento e começar a ver o idoso de outra forma”, alertou o vereador.
fonte: CMSP

LEAVE A REPLY

Or
Please enter your comment!
Please enter your name here