Assistência Social troca secretário pela 5ª vez

0
97
Foto: Causa Operária

O descaso da administração tucana com as políticas de assistência social tem sido recorrente, diante da redução e fechamento de serviços, com o congelamento dos recursos e a redução dos contratos e a instabilidade na gestão que é observada com as mudanças recorrentes dos dirigentes da pasta.

A atual gestão da Prefeitura de São Paulo, iniciada com João Doria e hoje sob Bruno Covas (ambos do PSDB), trocou pela quinta vez o titular da Secretaria de Assistência Social. A mudança foi oficializada nesta terça-feira, 18, no Diário Oficial. A área, que sofre com o congelamento de recursos promovidos por Covas, perdeu o seu titular, Cláudio Tucci Junior, exonerado a pedido, depois de passar menos de dois meses no cargo – de 1° de maio a 18 de junho de 2019.

O mandato teve início com a atual vereadora Soninha Francine (CIDADANIA) à frente da pasta. Após a constrangedora demissão da parlamentar, durante uma transmissão ao vivo na rede social, Felipe Sabará assumiu a pasta. Seguindo os passos de Doria, Sabará deixou a prefeitura para assumir o Fundo Social do governo do estado e em seu lugar, assumiu José Castro, que pediu demissão denunciando o descaso do governo Covas com a assistência social. No lugar de Castro assumiu Claudio Tucci Junior, que em menos de dois meses se deu conta da impossibilidade de fazer gestão com uma administração alheia às políticas públicas para a pasta. Interinamente assume Marcelo Del Bosco, que já se tornou um secretário tampão recorrente, pois já havia assumido no período após a saída de Castro.

 

 

 

 

 

LEAVE A REPLY

Or
Please enter your comment!
Please enter your name here