Caminhada em Defesa do SUS – Defender o SUS é defender a democracia

0
681

No Dia Mundial da Saúde, celebrado em 7 de abril, próxima quinta, militantes e trabalhadores farão caminhada em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Democracia. A concentração será a partir das 10h, na Praça da República, no centro de São Paulo.
Com o tema “Defender o SUS é defender a democracia”, o trajeto está previsto para ser encerrado na Praça da Sé, onde será entregue aos participantes uma carta aberta, assinada por diferentes movimentos sociais e sindical, com reivindicações como a instalação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar convênios médicos e o fim dos subsídios públicos aos planos privados.
O Brasil possui um dos maiores sistemas públicos de saúde do mundo, o SUS, garantido na Constituição e que oferece acesso gratuito e universal para toda a população. No entanto, com frequência, setores conservadores levantam discussões sobre a privatização desse sistema, restringindo o “direito à saúde” às pessoas que podem pagar por ela.
Com a atual conjuntura política, de tentativa de golpe contra um governo popular e reeleito por mais de 54 milhões de votos, a pauta da saúde pública e as possíveis ameaças a esse direito voltam com força.
“O SUS foi uma conquista da população e de muitos movimentos que lutaram por isso. Não podemos permitir que esse direito seja retirado, mas, sim, garantir que haja avanços. E neste momento político do país, os trabalhadores, militantes e usuários da saúde precisam estar unidos para barrar as tentativas de retrocesso”, diz o secretário de Saúde do Trabalhador da CUT São Paulo, Wagner Menezes.
Caminhada em Defesa do SUS – Defender o SUS é defender a democracia!
Quando: 7 de abril (quinta-feira)
Onde: Concentração às 10h na Praça da República, centro, São Paulo (SP)

LEAVE A REPLY

Or
Please enter your comment!
Please enter your name here