Comissão de Educação aprova Comitê Emergencial de Crise da Educação

0
285
Palácio Anchieta - Câmara Municipal de São Paulo Imagem: André Moura

Nesta quarta-feira (17), a Comissão de Educação, Cultura e Esportes da Câmara Municipal de São Paulo aprovou o Comitê Emergencial de Crise da Educação. A iniciativa dos vereadores Eduardo Suplicy (PT) e Eliseu Gabriel (PSB) busca acompanhar e elaborar  notas técnicas a respeito das medidas adotadas pela gestão tucana no combate ao coronavírus (COVID-19) no âmbito da educação. 

Em 2020, o comitê desempenhou um trabalho marcante no monitoramento das ações da prefeitura de São Paulo durante o cenário pandêmico. A frente propõe o constante diálogo entre o Executivo e o Legislativo paulistano com os profissionais da Educação, estudantes, CRECE (Conselho Regional de Representantes dos Conselhos de Escola), Fóruns, entidades representativas, Conselho Municipal e Comissão de Educação da Câmara.

Requerimentos do Partido dos Trabalhadores

Na primeira reunião do ano, outros dois requerimentos de autoria do vereador Eduardo Suplicy foram aprovados pela comissão. O requerimento nº1/2021 busca reunir informações e checar a relação de contratos firmados entre a Secretaria Municipal de Educação e a empresa Foreducation EdTech Tecnologia Educacional, responsável pela implantação da plataforma de ferramentas do G Suite for Education (conjunto de soluções do Google for Education) para o ensino virtual na rede pública no período de 01/01/2020 a 31/01/2021. O requerimento ainda prevê a solicitação dos relatórios de avaliação dos acessos à plataforma por parte dos usuários no período de 01/04/2020 a 23/12/2020.

Também aprovado durante a reunião virtual, o requerimento nº3/2021 busca averiguar  a real situação dos contratos de limpeza das 530 escolas que não retomaram as atividades presenciais nesta semana e que devem voltar às aulas entre 22 de fevereiro e 1º de março. O líder da Bancada do Partido dos Trabalhadores também indaga sobre o andamento das reformas de outras 50 escolas que também não estão em funcionamento. 

Prêmio Paulo Freire de Qualidade de Ensino Municipal 2021

Eleito por unanimidade pelos membros da comissão, Eduardo Suplicy irá compor a comissão julgadora do Prêmio Paulo Freire de Qualidade de Ensino Municipal 2021 e representará a Comissão de Educação na premiação.

LEAVE A REPLY

Or
Please enter your comment!
Please enter your name here