Saúde Pública é coisa séria no mandato do vereador Arselino Tatto

0
923

Reunião com Coordenadoria de Saúde é marcada por cobranças
Um dos principais problemas para o cidadão paulistano hoje é a saúde pública. Diariamente os noticiários pautam a falta ou mau atendimento nas unidades básicas de saúde, nos prontos atendimentos e nos hospitais.
Na zona Sul de São Paulo não é diferente. Localizado no extremo sul da cidade, o Hospital do Grajaú sofre por ser o único destinado a atender uma população estimada em 1 milhão de habitantes.
Em 2015, na gestão do Prefeito Fernando Haddad, foi iniciada a construção do Hospital de
Parelheiros Josanias Castanha Braga*. A obra não chegou a ser concluída, mas foi entregue à atual administração em mais de 70% adiantada, no entanto, passado mais de um ano, a
população continua à espera de sua inauguração. Igualmente paralisada está a entrega de
novas unidades básicas de saúde.
Diante de tamanha estagnação e do sofrimento dos usuários do sistema público de saúde, o mandato do vereador Arselino Tatto articulou na última sexta-feira (23) um encontro com a Coordenadoria de Saúde Sul, sua assessoria e algumas lideranças da região para discutir
alternativas para a saúde na Capela do Socorro e Parelheiros.
Questões importantes foram abordadas, como a necessidade de implantação de novas UBS’s nos bairros Jardim Kioto, Monte Verde, Lucélia, Castro Alves, além de prontos socorros em Parelheiros e Varginha.
Dentre as informações prestadas pela Coordenadoria de Saúde, a mais importante delas é a de que o hospital de Parelheiros, tão aguardado, terá seu atendimento iniciado no dia 19 de março e será mantido pela Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina – SPDM.

Diante de todos os questionamentos, reclamações e dúvidas podemos dizer que há um longo caminho a percorrer, mas o mandato do vereador Arselino Tatto está atento, vigilante e cumprirá o seu papel fiscalizador em nome da população. Outros encontros serão necessários, bem como audiências e principalmente a participação popular até que projetos possam se transformar em ações concretas. Acompanhem nosso site e redes sociais para receber novas informações.
*Hospital Josanias Castanha Braga
O hospital de Parelheiros foi denominado por meio da Lei 16.361 de autoria do vereador
Arselino Tatto, em justa homenagem à Josanias Castanha Braga, importante militante no
processo de redemocratização de nosso país durante a ditadura militar e morador antigo de
Parelheiros. Foi grande líder nas questões relacionadas ao desenvolvimento local, na saúde e especialmente na luta pela construção do hospital, sempre buscando o bem coletivo e a
promoção humana. Faleceu em 2012, vítima de acidente automobilístico, ao retornar de um evento realizado na Zona Leste da Cidade em apoio à candidatura de Fernando Haddad para a Prefeitura de São Paulo.

LEAVE A REPLY

Or
Please enter your comment!
Please enter your name here