Saúde Pública é coisa séria no mandato do vereador Arselino Tatto

0
1184

Reunião com Coordenadoria de Saúde é marcada por cobranças
Um dos principais problemas para o cidadão paulistano hoje é a saúde pública. Diariamente os noticiários pautam a falta ou mau atendimento nas unidades básicas de saúde, nos prontos atendimentos e nos hospitais.
Na zona Sul de São Paulo não é diferente. Localizado no extremo sul da cidade, o Hospital do Grajaú sofre por ser o único destinado a atender uma população estimada em 1 milhão de habitantes.
Em 2015, na gestão do Prefeito Fernando Haddad, foi iniciada a construção do Hospital de
Parelheiros Josanias Castanha Braga*. A obra não chegou a ser concluída, mas foi entregue à atual administração em mais de 70% adiantada, no entanto, passado mais de um ano, a
população continua à espera de sua inauguração. Igualmente paralisada está a entrega de
novas unidades básicas de saúde.
Diante de tamanha estagnação e do sofrimento dos usuários do sistema público de saúde, o mandato do vereador Arselino Tatto articulou na última sexta-feira (23) um encontro com a Coordenadoria de Saúde Sul, sua assessoria e algumas lideranças da região para discutir
alternativas para a saúde na Capela do Socorro e Parelheiros.
Questões importantes foram abordadas, como a necessidade de implantação de novas UBS’s nos bairros Jardim Kioto, Monte Verde, Lucélia, Castro Alves, além de prontos socorros em Parelheiros e Varginha.
Dentre as informações prestadas pela Coordenadoria de Saúde, a mais importante delas é a de que o hospital de Parelheiros, tão aguardado, terá seu atendimento iniciado no dia 19 de março e será mantido pela Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina – SPDM.

Diante de todos os questionamentos, reclamações e dúvidas podemos dizer que há um longo caminho a percorrer, mas o mandato do vereador Arselino Tatto está atento, vigilante e cumprirá o seu papel fiscalizador em nome da população. Outros encontros serão necessários, bem como audiências e principalmente a participação popular até que projetos possam se transformar em ações concretas. Acompanhem nosso site e redes sociais para receber novas informações.
*Hospital Josanias Castanha Braga
O hospital de Parelheiros foi denominado por meio da Lei 16.361 de autoria do vereador
Arselino Tatto, em justa homenagem à Josanias Castanha Braga, importante militante no
processo de redemocratização de nosso país durante a ditadura militar e morador antigo de
Parelheiros. Foi grande líder nas questões relacionadas ao desenvolvimento local, na saúde e especialmente na luta pela construção do hospital, sempre buscando o bem coletivo e a
promoção humana. Faleceu em 2012, vítima de acidente automobilístico, ao retornar de um evento realizado na Zona Leste da Cidade em apoio à candidatura de Fernando Haddad para a Prefeitura de São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!