Trabalho do vereador Alessandro Guedes resulta em 8,5 mil pessoas com qualificação profissional

0
134
Vereador Alessandro Guedes discursa para formandos de 2019 na Fatec de Itaquera

Para este ano, o vereador conseguiu aprovar nova emenda e vai ampliar a grade de cursos

 Educação e qualificação profissional são as meninas dos olhos do vereador Alessandro Guedes. A prova está nas 8,5 mil pessoas capacitadas para o mercado de trabalho em três anos de projeto que leva cursos gratuitos de qualificação profissional aos moradores da periferia de São Paulo. A maioria jovens, já se formaram por meio dos cursos, que combinam teoria e prática, boas doses de esforço e histórias de superação.

O parlamentar tem investido verbas de emendas a que tem direito no Orçamento da Prefeitura para ajudar pessoas da comunidade a se preparar para o concorrido mundo do trabalho. Para este ano, já aprovou na Câmara Municipal nova emenda (nº 900 ao PL 536/2018) no valor de quase R$ 1 milhão para a abertura de novas turmas em diversas áreas.

Os cursos são organizados por entidades cadastradas pela Prefeitura e Secretaria de Desenvolvimento Econômico e realizados em espaços cedidos por associações de bairros. A maioria dos participantes tem entre 16 e 24 anos de idade.

“Qualificar é investir em pessoas, é acreditar na capacidade e no potencial de cada um. O morador da periferia tem espírito empreendedor, batalhador e se empenha em conquistar seu espaço, mas muitas vezes é esquecido pelo Poder Público. É por isso que defendemos projeto tão relevante”, cita Guedes. Ele espera dobrar o número de vagas este ano.

Formatura – No dia 22/2, cerca de 400 alunos receberam os certificados durante cerimônia de formatura na Fatec de Itaquera. O aluno Paulo Silas, da Cidade Tiradentes, não cabia de contentamento. “Através do curso de elétrica já consegui trabalho. Estou muito feliz e pretendo estudar cada vez mais. Os organizadores estão de parabéns, essa é uma grande oportunidade”, declara.

Para Jaqueline Alves da Silva, do Itaim Paulista, oradora da turma do curso de assistente de cabeleireiro, o projeto merece nota 10. “Nós moradores da Zona Leste estávamos precisando de algo assim para melhorar nossa renda e nossa dignidade. Agora, queremos ajudar outras pessoas a se capacitar”, afirma.

Em 2018, as modalidades oferecidas foram manicure e pedicure, assistente de cabeleireiro, vidraceiro, elétrica e instaladores de Câmeras e Alarmes de Monitoramento e de Som e Acessórios em Autos. As modalidades deste ano ainda serão definidas junto às associações.

LEAVE A REPLY

Or
Please enter your comment!
Please enter your name here