Em nota, PT desmente aliança com tucanos

0
333

NOTA DA BANCADA DO PT

Ao contrário do que insinua título da matéria da Folha de 21/10, não houve aliança entre o PT e o PSDB para aprovação da renda emergencial em São Paulo. Em abril, no início da pandemia, o PT apresentou o projeto da renda emergencial, mas a gestão Covas ignorou a medida. Agora, de olho no calendário eleitoral, o prefeito pegou carona no projeto do ex-prefeito Fernando Haddad (Renda Básica de Cidadania) e desidratou a proposta para dar benefício de R$ 100 para até duas pessoas da mesma família em situação de vulnerabilidade. O PT pressionou e conseguiu aprovar emenda do vereador Donato elevando para três o número de beneficiários por família. Apesar da ação oportunista de Covas, o PT apoiou o projeto porque é preciso ajudar a população desempregada e sem renda a enfrentar a crise econômica. O PT luta para que a renda municipal seja permanente – e não por três meses, como propõe o PSDB.

Vereador Alfredinho – Líder da Bancada do PT
CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

São Paulo, 21 de outubro de 2020

LEAVE A REPLY

Or
Please enter your comment!
Please enter your name here