Em nota, PT desmente aliança com tucanos

0
1679

NOTA DA BANCADA DO PT

Ao contrário do que insinua título da matéria da Folha de 21/10, não houve aliança entre o PT e o PSDB para aprovação da renda emergencial em São Paulo. Em abril, no início da pandemia, o PT apresentou o projeto da renda emergencial, mas a gestão Covas ignorou a medida. Agora, de olho no calendário eleitoral, o prefeito pegou carona no projeto do ex-prefeito Fernando Haddad (Renda Básica de Cidadania) e desidratou a proposta para dar benefício de R$ 100 para até duas pessoas da mesma família em situação de vulnerabilidade. O PT pressionou e conseguiu aprovar emenda do vereador Donato elevando para três o número de beneficiários por família. Apesar da ação oportunista de Covas, o PT apoiou o projeto porque é preciso ajudar a população desempregada e sem renda a enfrentar a crise econômica. O PT luta para que a renda municipal seja permanente – e não por três meses, como propõe o PSDB.

Vereador Alfredinho – Líder da Bancada do PT
CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

São Paulo, 21 de outubro de 2020

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!