Governo se compromete a reabrir UBS Vila Granada em 90 dias

0
49
A UBS Vila Granada está fechada há oito meses | Foto: reprodução Facebook

A reunião ordinária da Comissão de Saúde, Assistência Social, Trabalho e Mulher contou com a participação de usuários dos serviços da Unidade Básica de Saúde (UBS) Vila Granada, que estão cobrando a reabertura do equipamento, assim como de representação da Secretaria Municipal de saúde, para fornecer informações aos moradores sobre as obras.

Este foi um espaço de diálogo entre a sociedade civil e o Poder Executivo, intermediado pela vereadora Juliana Cardoso (PT), por meio da Comissão de Saúde, que apresentou requerimento ao colegiado, já que tem acompanhado a luta da comunidade.

A UBS Vila Granada foi fechada há cerca de oito meses, após ter sido interditada pela Defesa Civil, em outubro de 2018, devido ao comprometimento da sua estrutura física. Até então eram realizadas, em média, 950 consultas médicas e 3,2 mil atendimentos na farmácia por mês. Atualmente os usuários precisam se dirigir para a UBS Vila Esperança, a um quilômetro de distância, para receber atendimento médico.

No dia 09/05, houve uma reunião na EE Maria de Carvalho Senna, no bairro da Penha, na zona leste de São Paulo, na qual os moradores reivindicavam a reabertura da unidade na Vila Granada. Na ocasião o Sr. Ivan Aparecido Carceres, representante da Secretaria Municipal de Saúde, informou que em 60 dias a situação da UBS estaria regularizada e com a promessa da implementação do Programa de Acompanhamento de idosos (PAI).

Cárceres, que também estava presente na reunião ordinária da Comissão de Saúde, apresentou um dossiê, que foi protocolado junto à presidência do colegiado, contendo a documentação das obras da UBS, inclusive o comprovante de depósito dos recursos para a Subprefeitura. Ele informou o prazo de 90 dias para inicio das obras de regularização da UBS Vila Granada.

A vereadora Juliana Cardoso parabenizou a mobilização da população local. “Hoje a Secretaria da Saúde teria que dar uma resposta para a comissão, então já entregaram um ofício embasado principalmente nas questões orçamentárias, disponibilizando recursos para começar a execução da obra”, afirmou a vereadora.

Estiveram presentes na reunião da Comissão de Saúde, Assistência Social, Trabalho e Mulher, além da vereadora Juliana Cardoso, os vereadores Celso Giannazi (PSOL), Edir Sales (DEM), Patrícia Bezerra (PSDB), Milton Ferreira (PODE) e Noemi Nonato (PR).

SAMU

A vereadora Juliana Cardoso apresentou requerimento para que na próxima reunião ordinária da Comissão de Saúde, Assistência Social, Trabalho e Mulher compareçam representantes da SMS e das entidades Sindicais para apresentação dos resultados dos trabalhos desenvolvidos pela comissão técnica criada pela Portaria 387/2019-SMSG para realizar vistorias nas unidades descentralizadas do SAMU. O pedido foi aprovado por unanimidade.

Da esquerda para a direita, os vereadores Celso Gianazzi, Juliana Cardoso, Edir Sales, Patrícia Bezerra, Milton Ferreira e Noemi Nonato | Foto: André Moura / CMSP

LEAVE A REPLY

Or
Please enter your comment!
Please enter your name here