Repressão na USP: nota dos vereadores do PT de São Paulo

0
1162

Os vereadores do PT na cidade de São Paulo manifestam seu repúdio à ação da Polícia Militar que usou de violência contra professores, funcionários e estudantes da Universidade de São Paulo durante protesto ocorrido na última terça-feira (7), no campus da instituição, contra corte de investimentos que estava sendo discutido pelo Conselho Universitário.
A PM do governo Geraldo Alckmin tem se caracterizado por agir de forma truculenta contra qualquer manifestação pública, mesmo de forma pacífica, como na última terça-feira. Os manifestantes estavam em frente ao prédio da Reitoria da USP e para dissolver o protesto a Tropa de Choque da PM lançou sobre o grupo bombas de gás lacrimogênio, disparou balas de borracha e usou spray de pimenta.
O episódio revela um total desrespeito da Polícia Militar e do governo Alckmin ao direito de livre manifestação. No lugar de dialogar e preservar o legítimo direito de qualquer cidadão de protestar, a PM e o PSDB tem optado pelo uso recorrente da violência.
O governo estadual e a direção da USP precisam adotar uma postura propositiva e democrática com a sociedade, buscando sempre o diálogo na solução de conflitos.
Esperamos que o lamentável episódio seja devidamente apurado, com a identificação e punição dos responsáveis pela ação truculenta.
Bancada de Vereadores do PT
Câmara Municipal de São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!