Com voto contrário da bancada do PT, SampaPrev 2 é aprovado em 1ª votação

0
2124

Com 37 votos favoráveis e 16 contrários, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou nesta quinta-feira, 14/10, o PLO – Projeto de Emenda à Lei Orgânica 07/2021, de autoria do Executivo. A matéria que versa sobre a reestruturação do Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos (RPPS) foi aprovada às pressas, em primeira votação, com posição contrária da bancada do PT. 

Durante a tramitação na Casa Legislativa, os parlamentares da bancada pontuaram que a justificativa da Prefeitura de São Paulo sobre o déficit previdenciário apenas repassa a conta para o bolso dos servidores ativos, aposentados e pensionistas e não leva em consideração possíveis terceirizações e ampliação do rombo nos cofres públicos. 

“A gestão do prefeito Ricardo Nunes se coloca à imagem e semelhança do governo federal ao abrir sua caixa de medidas perversas. Muitos servidores, com a pandemia e a crise na saúde, passaram a sustentar toda a família, diante do cenário de aumento do desemprego e da fome”, destacou o vereador Eduardo Suplicy, líder da bancada. 

De acordo com o cronograma divulgado pela Câmara Municipal, a segunda votação do SampaPrev 2 está prevista para a primeira quinzena de novembro, entre os dias 09 e 13.

PT lutou nesta semana para barrar votações nas Comissões Permanentes

Na tarde de quarta-feira, 13/10, durante a reunião ordinária da Comissão de Finanças e Orçamento, o presidente do colegiado, o vereador Jair Tatto (PT), obstruiu a pauta, já que não houve diálogo e participação popular para contribuir com os projetos de reforma da previdência.

Ainda na mesma tarde, o vereador Alessandro Guedes (PT) obstruiu a Reforma da Previdência Municipal na Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa da Câmara, impedindo que o parecer do relator fosse votado durante a reunião ordinária do colegiado.

SampaPrev 2: PT manifesta preocupação sobre a reforma previdenciária em São Paulo

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!