Conheça as iniciativas do PT sobre Coronavírus

0
2526

– atualizado em 05/05/2020

Em sintonia com a atual conjuntura de crise sanitária, provocada pela pandemia de Coronavírus, os vereadores petistas da cidade de São Paulo apresentaram um conjunto de propostas, a maioria com o objetivo de diminuir o impacto na vida das pessoas mais pobres do município.

É de autoria dos nove vereadores do PT o Projeto de Lei (PL) 213/2020, que cria um cartão alimentação para ser distribuído a todas as famílias com estudantes na rede pública municipal de ensino, inclusive aqueles matriculados na Educação de Jovens a Adultos. A proposta é que durante a situação de emergência e calamidade pública seja distribuído o valor equivalente a R$ 70 por criança na escola, limitado a três benefícios por família (R$ 210), utilizando o cadastro da Secretaria Municipal de Educação para dimensionar o benefício. Clique aqui e saiba mais sobre esse PL.

Os petistas também são coautores do PL 208/2020, proposto pelo Vereador Dalton Silvano (DEM), que também propõe a criação de um cartão alimentação pra aquisição de cestas básicas durante a pandemia de Coronavírus, utilizando os recursos dos fundos transferidos para o município com a aprovação da Lei 17.335/2020.

Esta foi a Lei que autorizou medidas excepcionais nos contratos administrativos de prestação de serviços, finanças públicas e outras medidas durante a situação de emergência e estado de calamidade pública decorrentes do coronavírus. Durante a tramitação do projeto que deu origem à regra, a Bancada do PT apresentou um conjunto de 15 emendas, mas apenas duas foram incorporadas ao texto aprovado no Plenário e os petistas denunciaram a ausência de iniciativas voltadas para os mais pobres, como a Renda Básica Emergencial.

Os vereadores do PT são coautores do projeto de iniciativa coletiva que transferiu R$ 38 milhões do Fundo Especial da Câmara para ações de combate ao Coronavírus pela Prefeitura de São Paulo. Uma demanda dos petistas incorporada à matéria foi a destinação dos recursos, além da Saúde, para a Assistência Social, que tem ficado à margem da agenda do município não apenas neste período de pandemia – o desmonte da pasta faz parte da linha política da gestão.

A Câmara também aprovou o PL 260/2020, outro texto coletivo, desta vez como  síntese das diversas proposituras apresentadas pelos parlamentares desde o início da crise sanitária em decorrência do novo Coronavírus. No processo de elaboração, os petistas apresentaram um conjunto de propostas, parte delas incorporadas à redação final aprovada. Clique aqui e saiba mais sobre esse PL.

A partir de uma iniciativa do Vereador Alfredinho Líder do PT, uma carta assinada por 12 líderes partidários foi encaminhada ao Prefeito Bruno Covas solicitando medidas mais assertivas para o combate à fome durante a pandemia do novo Coronavírus. No texto, os parlamentares propõem a aquisição e distribuição de um milhão de cestas básicas para a população mais carente do município.

Os vereadores Alfredinho, Alessandro Guedes, Antonio Donato, Eduardo Suplicy e Reis subscrevem, com outros 12 vereadores de diversas bancadas, o PL 255/2020, com medidas de transparência ativa a serem observadas durante a situação de emergência e estado de calamidade pública decorrentes de doenças contagiosas. A opacidade da gestão neste período, quando a informação é fundamental para lidar com a pandemia, é algo que a oposição vem denunciando reiteradamente.

PROJETOS DE AUTORIA COLETIVA DA BANCADA

A Bancada do PT apresentou coletivamente três Projetos de Lei, incluindo o já mencionado cartão alimentação para ser distribuído a todas as famílias com estudantes na rede pública. Outro projeto elaborado pelos petistas foi o PL 278/2020, que cria o Programa de Assistência aos Artistas Populares do Município de São Paulo, com o objetivo de oferecer uma complementação de renda no valor de R$ 600, pagos para aqueles que comprovarem atuação artística no âmbito do município.

Também é da Bancada do PT o PL 277/2020, que apresenta um conjunto de medidas de proteção à saúde pública: disponibilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os trabalhadores da Assistência e da Saúde; abono salarial aos trabalhadores que estejam atuando no combate à pandemia; incentivos para a produção de máscaras; estabelece que os ônibus da rede municipal só poderão circular com metade da capacidade e que deverão ser devidamente higienizados no início e no final de cada operação; determina, por fim, que sejam divulgadas, em tempo real, as informações sobre os casos suspeitos, os confirmados e os óbitos por Covid-19, desagregados por região da cidade.

PROJETOS DE INICIATIVA DOS MANDATOS DO PT

Alfredinho

PL 157/2020 – Prorroga automaticamente as parcelas de IPTU, ISS, multas de trânsito e IRBI pelo prazo de 180 dias, bem como cria o Programa de Parcelamento de Emergência (PPE) e dá outras providências.

PL 158/2020 – Prorroga automaticamente os alvarás de funcionamento de estabelecimentos pelo prazo de 180 dias, suspende a tramitação de processos administrativos não urgentes em igual prazo e dá outras providências.

Alessandro Guedes

PL 282/2020 – Dispõe sobre a obrigatoriedade, durante o período da pandemia do Covid-19, no transporte coletivo do município de São Paulo, a utilização de máscaras de proteção nos ônibus e terminais pelos usuários, motoristas, cobradores e demais trabalhadores do sistema de transporte e dá outras providências.

PL 283/2020 – Concede aos trabalhadores do transporte escolar autônomo um auxílio emergencial de remuneração similar ao auxílio que o governo está fornecendo neste período aos trabalhadores do TEG (Transporte Escolar Gratuito) da cidade de São Paulo, de acordo com a portaria conjunto DMT/SME nº 003, de 27 de abril de 2020.

PL 285/2020 – Dispõe sobre a obrigatoriedade do município de São Paulo garantir uma indenização financeira aos familiares dos profissionais da saúde pública vítimas da Covid-19.

Antonio Donato

PL 160/2020 – Institui o Fundo Municipal Emergencial de Combate aos Efeitos do Coronavírus e dá outras providências.

Eduardo Suplicy

PL 207/2020 – Dispõe sobre a criação do Programa de Renda Básica Emergencial Municipal, em decorrência da Pandemia de Covid-19.

PL 234/2020 (coautoria com outros nove vereadores) – Suprime o §4º do art. 138 da Lei nº 15.764, de 27 de maio de 2013, para extinguir a possibilidade de que decisões condenatórias ou sancionatórias proferidas no âmbito da Controladoria Geral do Município sejam submetidas à Comissão Intersecretarial de Julgamento.

Jair Tatto

PL 219/2020 – Cria o serviço de triagem para realização de testes para o Covid-19” nos estabelecimentos de saúde e em unidades móveis.

PL 220/2020 – Dispõe sobre a disponibilização de tendas e banheiros químicos para Organizações não Governamentais sem fins lucrativos ONG’s e Instituições Religiosas de apoio a moradores em situação de rua em decorrência do Covid-19 no município de São Paulo e dá outras providências.

PL 221/2020 – Dispõe sobre as medidas de atenção e cuidados da população em situação de rua, durante a vigência da situação de emergência como medida de enfrentamento ao Covid-19 no Município de São Paulo.

PL 222/2020 – Dispõe sobre medidas de apoio aos povos indígenas em razão do coronavírus (Covid-19) do município de São Paulo e dá outras providências.

PL 244/2020 – Dispõe sobre suspensão do cumprimento de obrigações financeiras referentes a empréstimos consignados contraídos por servidores públicos municipais, no âmbito do Município de São Paulo, durante a vigência do estado de emergência em decorrência da pandemia causado pelo Covid-19.

PL 250/2020 – Autoriza o Executivo a instituir a gratuidade do transporte coletivo urbano municipal aos pais e/ou responsáveis por pacientes menores de idade internados em hospitais da Rede do Sistema Único de Saúde- SUS da cidade de São Paulo.

PL 269/2020 – Cria o Comitê Técnico da Educação de Combate ao Covid-19, durante a situação de emergência e calamidade pública em vigor e dá outras providências.

Projeto de Resolução (PR) 7/2020 – Dispõe sobre a criação do Programa Ação voluntária de Doação de Sangue da CMSP durante a vigência de Situação de Emergência em decorrência do Covid-19.

Juliana Cardoso

PL 151/2020 – Dispõe sobre autorização de ações concretas do Município em benefícios aos trabalhadores e munícipes durante o período do Corona Vírus.

PL 205/2020 – Institui o Passe-Livre no transporte coletivo municipal aos agentes de segurança penitenciário, agentes de escolta e vigilância penitenciária e agentes da Fundação Casa em face de exercerem atividades vinculadas a segurança pública e de caráter intermitente e dá outras providências.

PL 233/2020 – Dispõe sobre elaboração de edital para a Cultura nos tempos que se seguem na cidade de São Paulo. Visando ações concretas do Município em benefícios dos trabalhadores da cultura, durante o período do Coronavirus e seus desdobramentos futuros.

PL 236/2020 – Institui medidas e ações emergências para prevenir e combater o CORONAVÍRUS no Município do São Paulo em especial para a população mais vulnerável e para os agentes públicos que continuam atuando diretamente no atendimento ao público e dá outras providências Das Medidas.

Reis

PL 256/2020 – Dispõe sobre ações de promoção à Segurança Alimentar durante o surto do coronavírus (Covid-19).

Senival Moura

PL 209/2020 – Autoriza a Prefeitura de São Paulo criar o Selo empresa parceira da Cidade no combate ao Covid-19.

PL 210/2020 – Autoriza o Prefeitura de São Paulo utilizar recursos do FUMCAD (Fundo Municipal da Criança e do Adolescente) para famílias em áreas de alta vulnerabilidade social e dá outras providências.

PL 211/2020 – Autoriza a Prefeitura de São Paulo realizar cadastramento, acolhimento, teste para Covid-19 e alimentação para os moradores em situação de rua do município.

OUTRAS INICIATIVAS

Importante salientar que a apresentação de Projetos de Lei não é a única forma de atuação parlamentar. Assim, os vereadores têm outros instrumentos, como as indicações ao Executivo, o apoiamento a propostas já protocoladas, as visitas e vistorias nas comunidades e o diálogo com os movimentos sociais, sindicatos e com outros setores do poder público. O Vereador Arselino Tatto fez uma indicação para que a Prefeitura instale um hospital de campanha no Autódromo de Interlagos.

SAIBA +: Balanço de 30 dias da quarentena em São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!