PT garante a não computação de dias de afastamento legal no PDE

0
358

Na Sessão Plenária desta quinta-feira, 03/03, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou três Projetos de Lei. Saiba quais proposituras avançaram:

Quem defende você é o PT

Aprovado em segunda votação pelos parlamentares, o PL 1/2022, de autoria Executivo, trata das licenças para tratamento da saúde do servidor e por motivo de doença em pessoa para fins de pagamento do Prêmio de Desempenho Educacional (Lei n º 14.938, 30 de junho de 2009). 

Na oportunidade, a bancada do PT apresentou emendas importantes ao PL e garantiu que os dias de afastamento legal não sejam computados no PDE. Os vereadores e a vereadora do Partido dos Trabalhadores ainda seguem na luta para conquistar a garantia de EPIs para funcionários da educação e pela prorrogação de contratos dos professores em 2022.

Confira os projetos que foram aprovados em primeira votação:

  • PL 282/2021, do Executivo, que trata da classe de bens de uso comum do povo e transfere para a classe de bens dominiais o imóvel municipal correspondente à Passagem PS 127 na Rua Consolação, Distrito de Pinheiros. 
  • PL 118/2019, do TCM, que dispõe sobre a alteração da nomenclatura dos cargos de agentes de fiscalização, auxiliar técnico de fiscalização e auxiliar de apoio à fiscalização.

Imagem : Getty Images

LEAVE A REPLY

Or
Please enter your comment!
Please enter your name here